APASBAC reforça importância da campanha de prevenção contra crueldade animal

Abril é o mês de prevenção contra a crueldade com animais. O crime de maus-tratos contra animais é previsto na Lei de Crimes Ambientais e também na Constituição Federal e pode ser punido com prisão de dois a cinco anos, multa e proibição da guarda. Apesar de já existir uma lei Federal, sabemos que na realidade, em nosso país, ainda nos deparamos com diversos casos de maus-tratos sem nenhuma punição. Se considerarmos os animais silvestres nessa estatística, os números aumentam assustadoramente.
Para reforçar a importância da campanha, o Portal Boa Notícia entrevistou Giselle Simone dos Santos Alves, conselheira fiscal da APASBAC – Associação de Proteção aos Animais Socorro Bicho de Assis Chateaubriand, entidade que desde 2012 realiza um excelente trabalho. Ela inicia falando que existem muitos casos de abandono e maus-tratos em Assis Chateaubriand:>>>

Quais os animais mais vulneráveis?

O que a APASBAC tem feito?

Hoje, ainda bem que existem leis de proteção para respaldar trabalhos como o da APABASC?

As pessoas podem ajudar e não esperar que só a APASBAC faça algo, não é mesmo?